Empresa

Fundada em 1987, a Metroval iniciou suas operações sob o nome de Tecnobrás, produzindo medidores de deslocamento positivo de engrenagens ovais sob licença da empresa alemã Bopp & Reuther.

Em 1988 a companhia mudou seu nome para Metroval – que nasceu a partir das palavras chaves de sua atuação naquele momento: metrologia e oval, o formato da engrenagem essencial dos medidores fabricados. Em 1989, já instalada no prédio onde até hoje está sua sede, em Nova Odessa, cidade do interior de São Paulo, havia dobrado seu número de clientes e tinha a Petrobrás como responsável por parte significativa de sua carteira de pedidos.

Durante os anos 90, firmou acordo de colaboração técnica com a empresa alemã Rheonik, com mais um contrato de transferência de tecnologia, garantindo a fabricação de medidores mássicos por efeito Coriolis, em caráter pioneiro no Brasil.

Foi a primeira empresa de seu porte a conquistar o certificado ISO 9000 no segmento, e ampliou sua presença no mercado de óleo e gás, seja em campos terrestres ou plataformas offshore. Foi também nos anos 90 que começou a marcar presença no segmento de gás com equipamentos para GNV e GLP.

No final dos anos 90 Metroval começou a conquistar o mundo com exportações, sobretudo para o Canadá. Em 2000 participou na criação da portaria conjunta número 1 ANP/ INMETRO, que mudou a filosofia e o critério de medição de petróleo no Brasil. Responsável por adequar e manter os sistemas de medição em 14 plataformas de petróleo na Bacia de Campos, instalou e mantém uma filial em Macaé, RJ, com mais de 100 funcionários.

Com quase três décadas de experiência, hoje a Metroval se orgulha de contabilizar mais de 30.000 medidores comercializados para mais de 6.000 clientes. Uma empresa genuinamente brasileira e líder nacional na tecnologia da medição, domina completamente o ciclo de produção de medidores e sistemas de medição de vazão, gerando o desenvolvimento contínuo de soluções em controle de fluidos.